Fevereiro: O Mês do Amor Infinito na Família

Renove a esperança e o amor com seus entes queridos neste novo mês em que o coração se expande.


"Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: “Eu lhe digo: Não até sete, mas até setenta vezes sete." Mateus 18:21-22

A capacidade de perdoar e aceitar é fundamental para se avançar na vida e alcançar um estado de tranqüilidade e felicidade. As Escrituras são muito claras em seu foco na humildade e na compaixão em perdoar os outros.

O ressentimento e a raiva podem ser sentimentos negativos que nos afastam do caminho de Deus para nós. Além disso, o perdão pode dificultar nossa oração e nos manter afastados da graça de Deus.

Publicidad


"Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo." Efésios 4:32

É importante ter em mente o exemplo de Cristo na Cruz, e Sua doação e perdão divino. Quando compreendermos a magnitude do amor de Deus por nós e Sua capacidade de nos perdoar, seremos mais capazes de perdoar aos outros.

Deixando de lado a raiva e o ressentimento, podemos encontrar a paz e a alegria que nos permite seguir em frente na vida.

Devemos sempre lembrar que a família nuclear é o espaço e o lugar onde o Pai Celestial sempre nos espera e nos abriga. O Espírito Santo une todos os laços com os entes queridos que nos ajudam a avançar no dia-a-dia.


"E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados." Marcos 11:25

Neste novo mês, convidamos você a refletir sobre os laços com os entes queridos e familiares próximos, para que você possa rezar e agradecer a Deus por mantê-lo junto e dar-lhe a força e a sabedoria para perdoar e aceitar aqueles que o prejudicaram.

Lembre-se de que o perdão e a humildade são os pilares fundamentais para avançar na vida e encontrar a paz e a bênção que Deus tem para nós.

Perdoar a família é fundamental para preservar o amor e a unidade dentro da família. Quando ocorrem desacordos ou conflitos, é fácil guardar ressentimentos e deixar que a raiva domine nossas emoções. Entretanto, o perdão é um ato de amor e humildade que nos permite deixar de lado o ressentimento e as ofensas passadas, e restabelecer a harmonia na relação.


"Descanse no Senhor aguarde por ele com paciência; não se com o sucesso dos outros, com aqueles que maquinam o mal." Salmo 37:7

O perdão também pode ter um impacto positivo sobre a saúde emocional e física de uma pessoa. A retenção de ressentimentos e ressentimentos pode causar estresse e ansiedade, o que, por sua vez, pode afetar negativamente a saúde. Por outro lado, o perdão pode reduzir o estresse e melhorar a saúde emocional e física.

Finalmente, perdoar a família e buscar a unidade com Deus também pode melhorar nosso relacionamento com Ele. Quando perdoamos os outros, estamos seguindo o exemplo de Cristo, que nos ensinou a amar nossos inimigos e a perdoar aqueles que nos injustiçaram.

Ao perdoar, estamos imitando a Deus, que nos perdoou a todos de nossos pecados. A união com Deus através do perdão pode fortalecer nossa fé e nos ajudar a encontrar paz e contentamento na vida.





Verso diário:


Artigos anteriores

Adicionando Alegria a Nossas Vidas

Sua nova versão aguarda

Orações e Preces do mês de Fevereiro

O necessário retorno ao caminho da luz

O Amor Cura Feridas Profundas