Quatro breves reflexões que te darão forças frente as más notícias

Quando nos deparamos com situações complicadas da vida, sempre vacilamos e perdemos o norte. Essas reflexões nos permitirão abrir nossos corações ao Senhor.

1) “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel.” Isaías 41:10

Enfrentar uma má notícia é sempre uma tarefa complicada. Lembremos de que é algo que nos pega de surpresa e pensamos que é algo para o qual nunca estaremos preparados.

Mas, ainda assim, é a vontade de Deus colocar-nos à prova da maneira que Ele considerar necessária. É nosso dever, como filhos de Deus, recorrer à sua palavra para tentar entender o que Cristo quer dizer com essa situação.

Publicidad

2) “Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.” Romanos 8:18

Ponhamos por exemplo a morte de um ente querido: uma parte de nós, devido ao tempo compartilhado na vida com a pessoa que não está mais, tenderá a se concentrar naqueles lugares vazios que deixou quando partiu.

Devemos notar como será difícil para realizarmos o luto devido e como iremos proceder a partir de agora. Devemos lembrar nesse momento a alegria e felicidade de nosso ser querido, cuja alma já está a caminho de encontrar-se com Deus.

3) “E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.” Apocalipse 21:4

Pensemos então quem nos acompanha dia a dia, quem é nosso confidente e amigo, nosso pai e bom pastor; pensemos também quem é aquele que confiou em nós desde o início e nunca nos julgou, mas compreendeu e amou como nós somos.

Das profundezas de nossos corações, sempre soubemos que a resposta para tudo é Deus, apenas esses momentos complicados pelos quais temos que passar, às vezes obscurecem nossa visão e acabamos nos entregando à depressão.

4) “Lembra-te da promessa que fizeste ao teu servo, na qual me tens feito esperar.  O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica.” Salmos 119:49-50 

Mas, o que resta para aqueles que permanecem na vida? É nesses momentos que devemos nos apegar à coisa mais valiosa que aqueles que partiram nos deixaram: a lembrança.


A lembrança das memórias mais felizes que compartilhamos, o exemplo das pessoas que foram e que nos fez amá-las e respeitá-las ainda mais, porque quando um ente querido parte, o que resta são suas recordações transformadas em ensinamentos, que nos tornam melhores pessoas.





Verso diário:


Artigos anteriores

Expandindo Nossa Vida Espiritual

Um Caminho de Esperança e Força

Guiados Pela Fé: Um Novo Começo

Sustento Divino

Transformação Interna