Reflexões para aproveitar ao máximo as oportunidades

É maravilhoso ver como os Dons e Talentos com os quais o Senhor nos abençoou nos permitem realizar nossas tarefas diárias com Amor.

A chave está em fortalecer nossa segurança e ser determinados no que fazemos.

O que Deus gosta de você, que perdoa a maldade e se esquece do pecado do remanescente de sua herança? Ele não reteve sua raiva para sempre, porque se deleita com a misericórdia. Miquéias 7:18

Quando nos tornamos verdadeiramente cientes de que somos seres imperfeitos que vivem em um mundo imperfeito, podemos começar a reconhecer nossas falhas e chegar à conclusão de que todos nós, em algum momento de nossas vidas, precisaremos de uma segunda chance para fazer as coisas direito.

Sempre podemos encontrar essa nova chance no Senhor, já que Sua compaixão e misericórdia são eternas.

Para cumprir os propósitos que Deus estabeleceu em nossas vidas, devemos estar preparados para errar quantas vezes forem necessárias e tentar novamente em nome da Glória de Jesus. A chave não é abaixar os braços. Como podemos desistir se tivermos a graça e a força de nosso Salvador?

Publicidad


“Ele novamente terá misericórdia de nós; Ele enterrará nossas iniquidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar. Miquéias 7:19

Todo aquele que anda com o Senhor sabe que somos Sua criação de Amor. Cada dia que viajamos é uma bênção maravilhosa que o Altíssimo nos dá.

Por isso é importante perceber que a cada hora, a cada minuto e a cada segundo, a mão do Messias trabalha em nós para o bem.

Portanto, diante dos fracassos e decepções, devemos abrir nossos corações para permitir que a Luz de Cristo nos impulsione e nos inspire a nos colocarmos de pé, enfrentando os desafios da vida de forma renovada, mais segura de nós, mais Sábia e mais comprometido com a Palavra de Deus.

Mas, assim como recebemos com alegria o sopro vital de nosso Pastor, no plano terreno também devemos estar dispostos a perdoar e ser perdoados por nossos irmãos.


 “Aquele que encobre seus pecados não prosperará; mas aquele que os confessa e abandona encontrará misericórdia. " Provérbios 28:13

Quando negamos nossos fracassos e erros, acrescentamos um novo fracasso à nossa existência: o de não nos superarmos e crescermos na Graça do Senhor.

Esse não reconhecimento pode nos mergulhar em uma estagnação espiritual que pode levar a vários comportamentos prejudiciais para nós e para aqueles ao nosso redor. Podemos entrar em estados depressivos ou, ao contrário, transformar-nos em seres arrogantes que até tendem a justificar o injustificável. Qual é, então, a origem desse tipo de comportamento?

Sem dúvida, medo. Medo de não ser ouvido, compreendido e perdoado. É paradoxal porque quem melhor Deus para ouvir, restaurar e perdoar? Nunca devemos ter vergonha diante do Eterno. Nos momentos críticos, busquemo-lo com todo o nosso amor e pesar. Ele sempre estará lá para endireitar nossos caminhos.


"Prossigo para a meta, para o prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus." Filipenses 3:14

Normalmente, quando falhamos, temos a tendência de sentir pena de nós mesmos.

Cometemos o erro de entrar nesse círculo vicioso que é a lamentação, quando na realidade o que deveríamos fazer é sustentar nossa Fé com o Dom do arrependimento. Quando nos arrependemos, crescemos, mudamos o foco e a mentalidade.

Não somos um desastre, não somos fracassados ou “inúteis”, O Senhor não largou a nossa mão por ter falhado. O arrependimento sincero traz grandes mudanças. Isso nos motiva a corrigir e agir. Aproximemo-nos da Misericórdia de Deus despojados de toda vergonha.

Nele nosso compromisso e coragem.





Verso diário:


Artigos anteriores

Descobrindo o verdadeiro amor

Um Destino de Amor Puro

Versos e pensamentos para mudar seu dia

Atualizando nossa energia vital

Desobstruindo o caminho das incertezas